II FEST VOC – Vestival Vocacional

Tema do Festival Vocacional

Tema do Festival Vocacional

No dia 16/08, nós, noviças RSCM, participamos do II Fest Voc em Santo Estevão/BA.

A data, que marcava o Dia da Vida Religiosa Consagrada, foi escolhida para nos reunirmos enquanto Congregações Religiosas (femininas/masculinas) para exposição de diferentes carismas. Muitas jovens compareceram ao evento, que contou com oração, música, dança, teatro, outras apresentações e muita animação.

Ir. Marina

Foi um dia muito divertido. Acredito que tenha motivado muitos daqueles/as jovens a buscarem um sentido para sua vida.

Fernanda – noviça RSCM

II Fest Voc (5)

Noviças RSCM e Religiosas

II Fest Voc (4) II Fest Voc (3) II Fest Voc (2) II Fest Voc (1)

Missão e aprendizado!

Durante a Semana Santa até a Páscoa, eu Isaura Paulino, participei pela primeira vez da Missão da CRB-BH. Eu fui para Esmeraldas/MG e fiquei na Comunidade S. José, Paróquia de Stª Quitéria. Gostei bastante e me ajudou muito, pois eu senti que são fiéis cheios de alegria, fé, amor e de muita acolhida. Durante a semana, visitava as famílias, dava benção nas casas, às pessoas e terminava o dia com a Celebração na comunidade. Junto comigo estava a Ir. Paula da Congregação Irmãs de Maria Menina. Juntas demos nossa colaboração e a missão foi muito boa! Cresci muito na minha fé e principalmente na alegria que pude vivenciar cada dia.

Isaura, Noviça-RSCM

Vivi momentos muito significativos e intensos na Missão promovida pela CRB, na região de Machacalis. Estar inserida naquela realidade por ocasião da Semana Santa, semana esta tão propícia à reflexão, engrandeceu-me e reavivou a chama do compromisso com a Igreja povo de Deus na total reciprocidade.

Sandra, Noviça-RSCM

No dia 29/03 cheguei na região de Machacalis, Norte de Minas para realizar a Missão da CRB-BH. Participei das procissões, visitei os doentes, as crianças na escola, os idosos e aqueles que já não iam mais à missa. Durante as visitas as pessoas foram muito acolhedoras e hospitaleiras. Todos os dias tivemos procissão rezando o terço e terminando com um momento de oração. Todos/as participavam muito bem. Tudo correu muito bem. Agradeci as pessoas pelo carinho e alegria que demostraram durante este tempo. Foi uma boa experiência e muito enriquecedora com as pessoas e a Comunidade Bom Pastor.

Margaret, Noviça-RSCM

A minha experiência durante a Semana Santa foi em Esmeraldas na Comunidade N. S. da Conceição e tive como companheira a Karine postulante das Irmãs de Maria Menina. Foi um tempo muito forte e enriquecedor, pois exigiu uma saída de mim mesma para acolher tudo o que aquelas pessoas tinham a me oferecer e também eu, dar tudo aquilo que eu tinha para colaborar. Como era a proposta da CRB, fizemos muitas visitas aos idosos, doentes, famílias que tinham dificuldades de irem a Comunidade, as crianças e adolescentes da escola e colaboração nas Celebrações da semana. Aprendi muito com toda simplicidade, fé e força de vontade do povo. De desejarem ultrapassar as dificuldades pessoais e familiares, alimentarem a fé e incentivar o caminhar da Comunidade. Deus seja louvado por tudo e por todos que nos aproxima D’ele!

Fernanda, Noviça-RSCM

“A árvore será o que receber de suas raízes”

Noviças em formação com Ir. Rosinha

Noviças em formação com Ir. Rosinha

É sempre muito interessante todas as descobertas que vamos fazendo de nós mesmas, de nossa pessoa humana.

Gostamos muito da oportunidade que tivemos da presença da Ir. Rosinha conosco, nos facilitando no autoconhecimento, na escuta interior, na escuta de umas às outras, no diálogo e no estabelecer metas.Formação com Ir. Rosinha (1)

Isto tudo foi um processo de integração em nosso crescimento humano e espiritual que Deus vem fazendo em nós, por Ele, com Ele e N’ele.forma

Fernanda e Izaura – Noviças SCM

Educação Católica

 

Noviças e Ir. Mary Jo

Noviças e Ir. Mary Jo

No dia 30 de junho, nós, noviças do primeiro ano, tivemos uma conversa com Irmã Mary Jo, RSCM da Província Europeia do Norte. Ela compartilhou conosco sobre o trabalho e sobre o significado da Educação Católica.

A vocação é uma semente!

Comunidade do Noviciado SCM

Comunidade do Noviciado SCM

“A vocação é uma semente que Deus na terra semeou…”

Nós somos responsáveis por cultivar esta semente a cada dia, por meio da oração, visto que a obra é grande mas os trabalhadores são poucos. Como noviciado, rezamos  por todas as vocações do mundo inteiro, especialmente por novos membros do nosso Instituto. E pedimos ao Espirito Santo que acompanhe todos(as) que responderam a este chamamento de Deus.

Não esqueçamos de todas as famílias em que a semente que germina pode um dia dar frutos.

Gratidão!

Na Pampulha

Lagoa da Pampulha

Nós, noviças RSCM do primeiro ano, queremos agradecer pela generosidade das Irmãs Rosamond, Betty e Joan pelo “agrado” que nos deixaram! Compramos duas bicicletas lindas e já estamos fazendo bom uso delas. Já fomos, inclusive, até a lagoa da Pampulha.

Esperamos que, da próxima vez que nos visitarem, também possam dar uma voltinha nas bicicletas. Pedimos a Deus que continue a abençoar cada uma de vocês.  Forte abraço de todas as noviças.

Conselho Geral presenteia noviças SCM com duas bicicletas.

Sem desculpas para não exercitarem-se. Conselho Geral presenteia noviças SCM com bicicletas.

Mulheres da Bíblia, Mulheres de hoje

Noviças e Ir.Lurdinha

Nos dias 25 e 26 de julho, nós, noviças RSCM do primeiro ano, tivemos um estudo com a Ir. Lurdinha, com o tema Mulheres na Bíblia.

O encontro foi muito bom, interessante e fizemos muitas descobertas, tais como:

– As mulheres no passado viviam oprimidas, marginalizadas, “passivas” e abandonadas. Já as mulheres do presente lutam um pouco mais por seus direitos e estão mais inseridas na sociedade.

– Ficou claro que, tanto no passado como atualmente, há exceções. No passado também havia mulheres que lutavam por seus direitos e do seu povo. Exemplo que nos encantou foi a história de Ester como guerreira, bonita, temente a Deus e sábia. Em contrapartida, ainda hoje temos algumas mulheres que vivem submissas na sua realidade matrimonial e até social, mas também há outras que lutam pelos seus direitos pessoais e por causas sociais.

Agradecemos a Ir. Lurdinha por sua simplicidade, sabedoria e partilha conosco.